domingo, 31 de março de 2013

Vídeo da TV Record sobre o caso da serial killer Dalva Lina da Silva


vejam o vídeo em aqui
1/4/2013
Investigação de detetive particular ajuda polícia a desvendar o assassinato de 37 animais
Saiba por onde anda a mulher acusada de ser a maior "serial killer" de animais do mundo


Do R7, com Domingo Espetacular
Depois de dois meses de investigação, os repórteres da Record ficaram frente a frente com a mulher acusada de ter assassinado 37 animais de estimação. De acordo com a polícia, em janeiro do ano passado, a dona de casa teria jogado no lixo 33 gatos e quatro cachorros mortos.

Na reportagem especial do Domingo Espetacular, o ex-marido de Dalva Lina da Silva mostra o quarto da morte, onde ela executava os animais, segundo a polícia. A investigação aponta que Dalva descartava os animais em sacolas de lixo em frente às casas vizinhas para disfarçar.

De acordo com o inquérito policial, Dalva aplicava uma injeção letal nos cães e gatos em um quarto pequeno de sua casa, que está à venda. O ex-marido afirma que Dalva mora, atualmente, no Paraná. Saiba por onde anda a mulher acusada de ser a maior "serial killer" de animais do mundo.

Velório de gato chama atenção de moradores do interior de Minas Gerais


Gato Cristiano foi velado na casa da dona em São João do Manteninha.
Enterro em cemitério da cidade não foi permitido pela polícia.
Patrícia Aparecida Coutinho Lages
Internauta, São João do Manteninha, MG

Velório do gato Cristiano movimentou a pequena cidade de São João do Manteninha, no Leste de Minas Gerais (Foto: Patrícia Aparecida Coutinho / VC no G1)

Um velório inusitado chamou a atenção dos moradores de São João do Manteninha, no Leste de Minas Gerais. Uma moradora da cidade resolveu velar o gato da filha.
No velório do gato Cristiano, realizado na noite dessa terça-feira (26), uma fila foi formada. A mãe da dona do gato ofereceu até um lanche para as 200 pessoas que foram dar adeus ao bichano.

Patrícia Aparecida Coutinho Lages é colega da dona do gato e enviou fotos do velório para o VC no G1. Ela conta que o gato tinha 13 anos e sua morte causou muita tristeza à dona. “Ela encontrou uma forma de prestar seus sentimentos ao gatinho tão amado por ela, comprou então um caixão, e fez o velório do seu estimado animal. Foi o comentário da cidade”, conta a internauta.

Leia mais

Massaranduba (SC) Município vai proibir a prática cruel da “puxada de animais”


31 de março de 2013

Massaranduba – A prova de “Puxada de Animais” será proibida em todo o território de Massaranduba. O prefeito Mário Fernando Reinke encaminhou no dia 11 de março projeto de lei á Câmara proibindo a realização da “puxada de animais” como prova de exibição de arrastamento de cargos com peso desproporcional à força de tração do animal, em toda a extensão territorial do município de Massasranduba.
O projeto que está na Câmara de Vereadores para análise, cita que o descumprimento acarretará ao infrator, proprietário do animal, o pagamento de multa no valor de R$ 5 mil a ser aplicada em dobro em caso de reincidência, sem prejuízo das sessões de ordem ambiental previstas na Lei Federal 9.605/98.
A prática de puxada de cavalo acontece na região, particularmente em Pomerode, Jaraguá e Massaranduba, citando exemplos próximos. É algo agressivo, que causa abalo físico e emocional aos animais submetidos à força extrema.
No âmbito do Estado, a prática está proibida desde o ano passado, conforme lei aprovada pela Assembleia Legislativa, de autoria da deputada Ana Paula Lima. A competição leva o cavalo ao esgotamento ou machucá-lo, pois ganha a parelha que puxa o maior peso sobre uma zorra.

::Voltar::

MP/AL fará audiência para implementação de Lei Estadual em Defesa dos Animais


Reunião contará com especialistas de ONG's, representantes estaduais e municipais

30/03/2013
Ascom Neafacompartilhar:
Jessica Pacheco


Na próxima segunda-feira (1º) de abril, às 10h, será realizada uma audiência na sede do Ministério  Público de Alagoas (MP/AL), situado na Rua Dr. Pedro Jorge Melo e Silva, nº 79, no bairro do Poço, que terá como finalidade a busca pela implementação da Lei Estadual nº 7.427, de 13 de novembro de 2012, que disciplina a proteção dos animais e o controle de reprodução e regulamentação davida de cães e gatos encontrados nas ruas, no âmbito do Estado de Alagoas.

A audiência sob o comando do Dr. Alberto Fonseca, Promotor de Justiça da PromotoriaEspecializada do Meio Ambiente Coletivo do MP/AL da Capital, ocorrerá com a presença dos gestores municipais da Secretaria Municipal de Saúde e Coordenação do Centro de Controle de Zoonoses da Capital - CCZ, Conselho de Medicina Veterinária de Alagoas - CRMV/AL, e representantes da defesa animal, propondo resolver o impasse com relação à proteção e cuidados dos animais e consequente atenção à saúde pública coletiva.
Leia mais

sábado, 30 de março de 2013

Cães que vivem amarrados, outro tipo de maltrato animal?


Somos muitos os que desde pequenos temos observado uma quantidade enorme de cães que vivem toda sua vida em sua casa, com sua vasilha de água, sua vasilha de comida e uma correia de uns metros para que o cão possa se mover de um lado a outro.

Esta prática é tão estendida e vista por muitas pessoas como uma situação normal. No entanto, ainda que seja normal e comum não por isso deixa de ser um maltrato em toda regra. Você consideraria que ter uma pessoa atada durante toda sua vida é um maltrato? Pois para um cão é exatamente o mesmo.

Aos cães atados:

Restringe o direito de viver em manada, com sua família: por natureza os cães são animais muito sociais, que necessitam a companhia diária de sua manada. Atado diariamente lhe priva deste direito natural a interatuar com sua manada.
Leia mais

Bauru: Polícia Ambiental apreende galos, pássaros e um veado em chácara de Bauru


Na tarde desta sexta-feira (29), a Polícia Ambiental foi até a chácara São José verificar uma denúncia anônima de maus tratos a animais e cárcere privado de um veado.

Quioshi Goto

O filhote de veado, que estava sofrendo maus tratos, teria menos de dois meses
No local, foram encontrados dezesseis pássaros silvestres, cinco galos e um filhote de veado, de no máximo dois meses. Os animais estavam em cativeiro e o veado apresentava ferimentos no rosto. Eles foram retirados do local, porém por falta de lugar para que eles ficassem, devido ao feriado , eles foram devolvidos ao dono, que ficou como fiel depositário.

Segundo policiais, o local não tinha condições básicas de limpeza e faltava alimentação para os animais. O acusado D.G, de 56 anos, disse aos policiais que os capturava pelo local e que o veado, ele teria ganhado, mas não informou de quem.

Para criar um animal silvestre é preciso licença ambiental, mas ele não possuía. O proprietário sofrerá a acusação por maus tratos e também por manter animais silvestres em cativeiro.

‘Segunda vez’

Não é a primeira vez que o dono da chácara é autuado. Segundo os policiais, a chácara que fica no final da rua José Henrique Ferraz, em uma área rural, já foi autuado por cárcere de animais silvestres.

Na primeira vez havia nove pássaros silvestres, que continuaram no local, pois não estavam sofrendo maus tratos. Ele ficou como fiel depositário, mas ele sofreu autuação administrativa.

http://www.jcnet.com.br/Policia/2013/03/policia-ambiental-apreende-galos-passaros-e-um-veado-em-chacara-de-bauru.html

sexta-feira, 29 de março de 2013

Uberaba: Vereadores buscam conseguir verba para Supra


29/03/2013

Debate foi solicitada pelo vereador Samuel Pereira / Rodrigo Garcia

Maria das Graças Salvador

Dificuldades financeiras da Sociedade Uberabense de Proteção aos Animais (Supra) e ação do Ministério Público para que a instituição seja fiscalizada levou o vereador Samuel Pereira (PR) a realizar audiência pública para discutir sobre políticas de proteção aos animais. O debate aconteceu na noite de quarta-feira, 27, no Plenário da Câmara.
Samuel irá encaminhar à Câmara dos Deputados e Senado moção para que seja votada reforma no Código de Defesa dos Animais, previsto no Decreto-Lei Federal 24.645, haja vista ter sido criado em 1934. “A legislação é antiga, da época de Getúlio Vargas, precisa de readequações”, defendeu. De acordo com ele, se for necessário enviar comitiva a Brasília para tratar sobre o assunto com deputados e senadores, será feito.
Lei mais

Coitado do coelho, depois da festa de Páscoa acaba abandonado por aí


Coelho assustado, em terreno que serve para criação, no bairro São Lorenço.
Para fazer do próximo domingo um dia especial para a criançada, tem muita mãe por aí que exagera. Nas casas de animais, funcionários contam que o sábado que antecede a Páscoa é sempre de grande movimento, com pessoas em busca do principal símbolo da festa: o coelho.

“Todo ano é assim, é a época que mais vende. Vem muita gente no sábado e também no domingo”, conta o atendente da casa de rações ao lado do Mercadão Municipal de Campo Grande. Ontem, as gaiolas estavam cheias de animais de orelhinhas baixas, por R$ 20,00 ou R$ 40,00.
Leia mais

ATROPELADA: Homens cortam as patas de onça pintada em Rondônia, policiais da PRF jogam o corpo do animal no mato


“Como o animal já estava morto não tinha muito o que fazer”, justifica o inspetor da PRF Aparecido Alencar sobre o lançamento do corpo da onça pintada no mato.
Publicado Sexta-Feira, 29 de Março de 2013, Fonte Alerta Rondônia
       


Onça pintada é encontrada morta em RO e policiais jogam corpo no mato

Uma onça pintada foi encontrada morta na BR-364, quilômetro 540, próximo ao trevo que dá acesso a cidade de Alto Paraíso (RO) na madrugada desta sexta-feira (29), de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), que foi acionada por motoristas que passavam pelo local. O animal foi retirado da via e jogado no mato pelos agentes da PRF. Segundo a PRF, curiosos cortaram as patas da onça. O Batalhão de Polícia Ambiental diz que a onça deveria ter sido levada para um órgão especializado para análise. A onça pintada é classificada pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente Recursos Naturais Renováveis (Ibama) como um animal em vulnerabilidade.
“Como o animal já estava morto não tinha muito o que fazer”, justifica o inspetor da PRF Aparecido Alencar sobre o lançamento do corpo da onça pintada no mato. Segundo Alencar, houve tantativa de contato com o Ibama em Porto Velho, mas por ser feriado, não havia ninguém trabalhando no órgão. Em Ariquemes (RO), cidade mais próxima ao local onde o animal foi encontrado morto, não tem unidade do Ibama e nem da Polícia Ambiental.
 Leia mais

quinta-feira, 28 de março de 2013

Novo golpe: Pessoas se passam por Zoonoses para capturar animais domésticos em JP


Uma internauta alertou na tarde desta quinta (28) que pessoas se passando por funcionários do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de João Pessoa estavam entrando nas casas e recolhendo animais.
De acordo com a internauta, um caso ocorreu no Bairro do Bessa, nas proximidades da Praça do Cajú, onde os falsos funcionários estavam levando os animais das casas alegando que iriam fazer exames e já dando o resultado. Após alegar que o animal estaria infectado com leishmaniose, popularmente conhecido como calazar, eles eram levados para onde seriam sacrificados.
Leia mais

Medidas contra "Farra do Boi" vão de palestras em escolas à contratação de laçadores em SC


Polícia Militar do Estado lança série de cláusulas a ser tomada ao longo do ano

Do R7
Para 2013, as medidas contra a tradicional e ilícita "Farra do Boi", que tem início na Quaresma, vão de palestras em escolas à contratação de laçadores de animais em Santa Catarina, Estado cuja manifestação cultural é praticada no litoral, conforme aponta o protocolo de cooperação da PM (Polícia Militar) nesta quinta-feira (28).

Para coibir a prática, a PM lançou uma série de cláusulas a ser tomada pelo Ministério Público do Estado junto ao Ibama, à Polícia Rodoviária Federal, à Polícia Civil, às Secretarias de Desenvolvimento Regional da Grande Florianópolis e Itajaí, à CIDASC (Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina), à Guarda Municipal de Florianópolis, à Secretaria de Estado da Educação.

Leia mais

Coelhos: A taxa de abandono desses animais depois da época festiva chega a 90%


CONSCIÊNCIA
Nesta Páscoa, não dê coelho de presente

A taxa de abandono desses animais depois da época festiva chega a 90%
28/03/2013 | Bianca Pissardo
Foto: Divulgação

Coelhos

Muitas pessoas querem inovar na Páscoa e ao invés de dar ovos de chocolate, dão coelhos.
Quando filhotes, assim como todos os animais, são 'fofos' e até parecem de brinquedo, mas não são.
Eles crescem e precisam de cuidados e também espaço, apesar de serem animais pequenos.

Coelhos vivem em média 10 anos e precisam se exercitar, por exemplo. Esses animais devem viver dentro de casa (nunca em quintais a mercê das mudanças bruscas de temperatura), e além disso, necessitam de uma alimentação balanceada.

Assim que esses animais crescem, passando da fase de filhote para adulto, o que leva pouco tempo após a 'aquisição' do coelho (...)
Leia mais

Cães que vivem amarrados, outro tipo de maltrato animal?


Somos muitos os que desde pequenos temos observado uma quantidade enorme de cães que vivem toda sua vida em sua casa, com sua vasilha de água, sua vasilha de comida e uma correia de uns metros para que o cão possa se mover de um lado a outro.
Esta prática é tão estendida e vista por muitas pessoas como uma situação normal. No entanto, ainda que seja normal e comum não por isso deixa de ser um maltrato em toda regra. Você consideraria que ter uma pessoa atada durante toda sua vida é um maltrato? Pois para um cão é exatamente o mesmo.
Leia mais

(SE) Dr. Emerson reapresenta projeto em defesa dos animais


28/03/2013 - 09:56
Dr. Emerson reapresenta projeto em defesa dos animais
Projeto trata da esterilização de animais abandonados

Dr. Emerson (Foto: Andressa Barreto)
Na tarde desta quarta-feira, 27/3, o médico e vereador Dr. Emerson Ferreira (PT) ocupou a Tribuna do parlamento municipal, para falar da reapresentação do projeto em defesa e proteção dos animais, que trata da esterilização de animais abandonados.

O projeto foi vetado na sessão da última terça-feira, 26, e discutido em audiência com o prefeito João Alves Filho, no início da tarde desta quarta-feira, após reunião, onde trataram de temas relevantes para o município.

“Tratamos do projeto que estabelece a esterilização dos animais abandonados, oportunidade em que relatei que é um projeto proposto pelas entidades protetoras dos animais, objetivando proteger os animais e contribuir na prevenção de inúmeras zoonoses que podem acometer a população, entre outros benefícios”, explicou o vereador.

Dr. Emerson informou que irá reapresentar o projeto e que vai tramitar em regime de urgência. "Desta vez, com a perspectiva de que a Lei fique implementada, concluiu  Dr. Emerson.

Fonte: Assessoria Parlamentar



http://www.infonet.com.br/politica/ler.asp?id=142261

Tigresa de Maringá morre em zoológico de Cascavel; dono alega maus trato


Rubia Pimenta
A tigresa Chang, que pertencia ao mantenedouro Canil Emanuel, em Maringá, morreu no zoológico municipal de Cascavel no dia 23 de fevereiro. Conforme o proprietário do canil, Ary Marcos Borges da Silva, o animal adoeceu e não foi devidamente tratado. "Ela teve uma bicheira no peito, que se agravou, matando-a de infecção generalizada. Ela não foi bem tratada. Vários dos meus animais já tiveram essa doença, e todos foram recuperados", afirma.


O dono também ressalta que a felina, da espécie tigre-de-bengala, era mantida em uma jaula sem tanque de água, o que seria imprescindível para a permanência do animal.

Leia mais

Situação de animais em Uberaba vira audiência pública na Câmara


Reunião durou mais de três horas nesta quarta-feira (27).
Atenção da reunião foi direcionada principalmente às condições da Supra.

Do G1 Triângulo Mineiro
Audiência reuniu representantes das
instituições e ONGs (Foto: Reprodução/TV Integração)
Uma audiência pública para discutir a proteção dos animais em Uberabafoi realizada na noite desta quarta-feira (27) no plenário da Câmara dos Vereadores. O debate durou mais de três horas.

Autoridades municipais, especialistas, comunidade e representantes de Organizações Não Governamentais (ONGs) ouviram possíveis soluções para o problema do abandono de animais.  O vereador Samuel Pereira (PR), que promoveu o encontro, defendeu a revisão da legislação.
Leia mais

(Araraquara) Prefeitura vai assinar acordo com MP para garantir segurança de animais


27/03/2013
Araraquara terá que obedecer protocolo antes de sacrificar os animais.
Denúncias de maus-tratos e morte do cão Gabriel motivaram TAC.
Do G1 São Carlos e Araraquara

A Prefeitura de Araraquara (SP) vai assinar um Termo de Ajustamento de Conduta com o Ministério Público para garantir segurança e proteção aos animais que chegam ao Centro de Triagem, antigo Centro de Zoonoses. Denúncias de maus-tratos e irregularidades, além da morte do cachorro Gabriel, em março do ano passado, motivaram o acordo.
O cão da raça Beagle fugiu de casa, foi capturado na rua e levado para o antigo Centro de Zoonoses. Após 12 dias desaparecidos, a dona de casa Maria do Carmo Nogueira foi procurá-lo e escobriu que ele tinha sido sacrificado. “Ela falou que havia sacrificado o cachorro por ele estar com sarna e que a sarna poderia passar para os funcionários”, disse.
Leia mais

quarta-feira, 27 de março de 2013

(Araraquara) Prefeitura vai assinar acordo com MP para garantir segurança de animais


Araraquara terá que obedecer protocolo antes de sacrificar os animais.
Denúncias de maus-tratos e morte do cão Gabriel motivaram TAC.
Do G1 São Carlos e Araraquara

A Prefeitura de Araraquara (SP) vai assinar um Termo de Ajustamento de Conduta com o Ministério Público para garantir segurança e proteção aos animais que chegam ao Centro de Triagem, antigo Centro de Zoonoses. Denúncias de maus-tratos e irregularidades, além da morte do cachorro Gabriel, em março do ano passado, motivaram o acordo.
O cão da raça Beagle fugiu de casa, foi capturado na rua e levado para o antigo Centro de Zoonoses. Após 12 dias desaparecidos, a dona de casa Maria do Carmo Nogueira foi procurá-lo e escobriu que ele tinha sido sacrificado. “Ela falou que havia sacrificado o cachorro por ele estar com sarna e que a sarna poderia passar para os funcionários”, disse.
Leia mais

Polícia fecha abatedouro clandestino ligado a ministro


Política
VEJA mostrou que o peemedebista Antônio Andrade, recém-nomeado para comandar a pasta da Agricultura, era parceiro de estabelecimento

Gabriel Castro, de Brasília

Antônio Andrade negou que seja parceiro do abatedouro clandestino (Gilberto Nascimento/Agência Câmara)

A Polícia Ambiental de Minas Gerais interditou o matadouro clandestino que tem como cliente o ministro da Agricultura, Antônio Andrade. A medida atende a um pedido do Ministério Público de Minas Gerais e foi tomada nesta terça-feira. A última edição de VEJA mostrou as condições insalubres e ilegais em que os animais eram abatidos no local. O ministro, que é dono de 3.000 cabeças de gado na região de Vazante, utilizava o local para abater animais de seu rebanho.

O dono do local, Rogério Martins da Fonseca, admitiu que os animais eram abatidos com a utilização de uma marreta. Ele também não apresentou a documentação necessária para o funcionamento do abatedouro, que permanecerá fechado até que a situação seja regularizada.

Leia mais

Malefícios da pecuária: Estiagem provoca morte de mais de 70 mil cabeças de gado no CE


agronegócio
Estiagem provoca morte de mais de 70 mil cabeças de gado no CE
EM 27 DE MARÇO DE 2013 AS 12H00

Criadores lutam para salvar o que sobrou nas propriedades.
Governo planeja ampliar a distribuição de milho da Conab.
Fonte: G1

Os criadores usam os últimos recursos para salvar o gado. No sertão dos Inhamuns, animais mortos estão espalhados pelas fazendas. Alguns terrenos viraram cemitérios, resultado de uma das piores secas da história.
João Olinda perdeu mais de 20 animais e vendeu a maior parte do rebanho de 200 cabeças. “Só Deus salva essa situação porque não tenho mais dinheiro, mais nada pra fazer”, diz.
Em Cachoeira do Fogo, distrito de Independência, ainda não choveu este ano, segundo a Fundação de Meteorologia do Ceará. O açude secou e serve de pasto. No restante da terra está difícil encontrar algum verde.
Leia mais

RS: maus tratos levaram à proibição de cães de aluguel, diz PM


Assembleia do Estado aprovou projeto que proíbe o uso de cães para serviços de vigilância

Maurício Tonetto
Direto de Porto Alegre
Uma série de denúncias de maus tratos, abandono e acidentes envolvendo cães de guarda levou a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul a aprovar, na última terça-feira, um projeto de lei que proíbe o aluguel de cachorros para serviços de vigilância no Estado. Em até um ano, as empresas que utilizam os animais terão de encerrar esse tipo de atividade, ou serão multadas em 100 UPF's (unidade padrão fiscal do RS), valor multiplicado pelo número de cães que possuirem.

Em caso de reincidência, a penalidade é dobrada e, se forem comprovados maus tratos, o infrator pode até ser preso. A Polícia Militar está liberada para utilizá-los e aponta que, devido aos abusos, as empresas terão de se adequar à nova realidade.
Leia mais

São Carlos-SP: Justiça julga casos de cadela morta após desnutrição e cão espancado


27/03/2013
Audiência ocorre em São Carlos, SP, nesta quarta-feira no Fórum Criminal.
Ambas as ocorrências foram registradas em janeiro e fevereiro deste ano.
Do G1 São Carlos e Araraquara

Cadela foi foi socorrida pelo Departamento de Defesa e Controle Animal (Foto: ONG Cão Ajuda/Divulgação)


Dois casos de maus-tratos a cães registrados em São Carlos (SP) este ano serão julgados na tarde desta quarta-feira (27) no Fórum Criminal da cidade. Em uma das ocorrências, um homem de 37 anos é acusado de espancar o próprio cão, na Vila Nery, em fevereiro. O outro caso é sobre seis cachorros encontrados em janeiro abandonados no Santa Maria. Os animais da raça pastor alemão foram alugados como cães de guarda e distribuídos em algumas casas do bairro, que estavam vazias. Eles ficaram dias sem água e sem comida e foram resgatados após denúncia dos vizinhos. Desnutrida, a cadela Esperança, que estava entre os animais, morreu 48 horas depois quando recebia tratamento veterinário.

Segundo Vivian Vigiolli, de 37 anos, voluntária da ONG Cachorro Ajuda há dois anos, integrantes das entidades constataram que os vizinhos passaram a dar água e ração por cima dos muros, com ajuda de baldes amarrados em cordas, após notarem que os seis cães não recebiam cuidados do responsável por mais de dez dias.

Leia mais

terça-feira, 26 de março de 2013

(RS) AL aprova projeto que proíbe aluguel de cães para segurança patrimonial


AL aprova projeto que proíbe aluguel de cães para segurança patrimonial
Animais terão de ser esterelizados por empresas e doados no prazo de um ano

AL aprova projeto que proíbe aluguel de cães para segurança patrimonial
Crédito: Thiago Buzatto / ALRS / CP

Parte da galeria da Assembleia Legislativa ficou cheia de representantes de entidades de defesa dos animais, que viram a aprovação, nesta terça-feira, do projeto de lei 462/2011, que proíbe o aluguel de cães para fins de segurança patrimonial. Dentro de um ano, animais alugados serão doados.

“Está proibido o aluguel ou arrendamento de cães para segurança. O animal doméstico é companhia para o ser humano. A crueldade de fazer o animal um trabalhador mais barato, não pagando 13º, aviso prévio e fundo de garantia, tira o emprego de um trabalhador profissional de vigilância. Quando você treina o cachorro para ser cão de guarda e o isola, ele vem com todo o instinto da sua ferocidade punitiva”, analisou o deputado Paulo Odone (PPS), autor da proposta.
Leia mais

Polícia apreende 278 aves mantidas em cativeiro em casa de Jaboatão, PE


Uma mulher foi detida no local com dois revólveres, uma pistola e drogas.
Os animais foram levados para a sede regional do Ibama.
Do G1 PE
Duzentas e setenta e oito aves foram apreendidas, nesta terça-feira (26), em um imóvel localizado no bairro do Curado II, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. Os animais mantidos em cativeiro foram encontrados em operação realizada pela Companhia Independente de Policiamento do Meio Ambiente (Cipoma). Nas buscas, os policiais detiveram uma mulher de 42 anos, que guardava três armas e pequenas quantidades de crack e maconha.
Segundo a assessoria de comunicação da Polícia Militar, a mulher vendia as aves em feiras de rua nos finais de semana. Com ela, foram apreendidos dois revólveres calibres 32 e 38, além de uma pistola 380. Policiais do 6º Batalhão e do Grupo de Apoio Tático Itinerante (Gati) também participaram da ação.
Leia mais

Vídeo mostra imagens de Farra do Boi, em Florianópolis

Caso aconteceu no bairro Pantanal, onde a PM apreendeu 11 pessoas.
Animal ficou ferido e violento, por estes motivos, precisou ser abatido.
Do G1 SC com informações da RBS TV
Um vídeo gravado pela Polícia Militar mostra o momento em que aconteceu uma Farra do Boi, em Florianópolis(veja ao lado) . Nas imagens gravadas na madrugada desta terça-feira (26), o animal aparece desorientado, ferido e fugindo dos farristas. Enquanto ele tenta correr, se desestabiliza e cai no meio da rua Deputado Edu Vieira, no bairro Pantanal, atrapalhando o trânsito. Em seguida, consegue se levantar e é novamente perseguido pelos farristas.
Em outra imagem, pessoas aparecem algemadas. Pouco depois da 0h desta terça-feira (26), onze pessoas foram detidas, entre elas, um adolescente. Todos foram apreendidos em flagrante por maus tratos a animais, desobediência e desacato. Eles foram levados para a delegacia, assinaram um termo circunstanciado e foram liberados.
Leia mais e veja o vídeo

Salvador necessita de hospital veterinário


Fabiana Mascarenhas
Mila Cordeiro | Ag. A TARDE

O Hospital Veterinário da Ufba realiza 12 procedimentos cirúrgicos por dia
Salvador tem hoje mais de 84 mil animais - entre cães e gatos - vivendo nas ruas. Muitos em situação de completo abandono e precisando de cuidados por conta da saúde debilitada.
A situação atual revela dois sérios problemas: o descontrole populacional dos animais de rua e a falta de espaços gratuitos para cuidar da saúde dos bichos.
"Estimamos que esse número seja ainda maior. O que está em questão não é apenas a atenção à saúde e o bem-estar dos animais, mas a prevenção de zoonoses e os cuidados com a saúde humana", diz a presidente da Associação Brasileira Protetora dos Animais - seção Bahia (ABPA-BA), Patruska Barreiros.
As zoonoses são doenças transmitidas ao ser humano por animais. "Animais tratados, vermifugados e vacinados, que vivem em boas condições de higiene, dificilmente transmitirão doenças às pessoas. O problema é que muitos deles não têm a mínima assistência", diz ela.
Salvador necessita de hospital veterinárLeia mais

Teresina: Câmara derruba veto de Firmino e autoriza vaquejada na capital


Na sessão desta terça-feira (26), a maioria dos vereadores de Teresina derrubou o veto do prefeito Firmino Filho (PSDB) ao projeto do ex-vereador Urbano Eulálio (PSDB) que regulamenta a prática de vaquejada na capital. Foram 17 votos contra o veto e a favor a vaquejada, e 10 votos defendendo o veto.

A vereadora Teresa Britto (PV) liderou os discursos para que o veto fosse mantido e elogiou a postura do prefeito Firmino Filho que, segundo ela, está em consonância com as pessoas que combatem os maus tratos aos animais.



“Não podemos permitir que nos dias atuais se permita maus tratos aos animais em vaquejadas. Os vereadores que são a favor das vaquejadas deveriam prestar atenção no semblante dos animais quando são soltos para serem derrubados, quando estão prestes a sofrer nas vaquejadas. Estou aqui para defender os interesses daqueles que não tem direito a voto, mas têm sentimentos, não só daqueles que votam e têm sentimento”, defendeu Teresa Britto.

O vereador Samuel Silveira (PMDB) comandou os discursos dos parlamentares que lutaram pela regulamentação da vaquejada, destacando principalmente o fator cultural que liga a vaquejada à história do nordestino. “A vaquejada está ligada diretamente à cultura do nordestino e do piauiense. Não podemos apagar nossa memória e acabar com essa atividade que representa tanto o nosso Estado e o vaqueiro”, afirmou o vereador.
http://www.cidadeverde.com/camara-derruba-veto-de-firmino-e-autoriza-vaquejada-na-capital-128516

segunda-feira, 25 de março de 2013

Drama O Grande Milagre vence prêmio de proteção dos animais


By: Pedro de Biasi


O drama “O Grande Milagre” (2012) foi o filme vencedor do Prêmio Genesis, concedido pela Sociedade Humana dos EUA (HSUS, na sigla em inglês) para obras e indivíduos dedicados à proteção dos animais. Estrelado por Drew Barrymore, o filme é baseado em fatos reais e conta a história de um repórter e sua namorada, voluntária do Greenpeace, que iniciam uma campanha para salvar uma família de baleias-cinzentas presas sob uma calota de gelo no Alasca.

A série “Harry’s Law” venceu na categoria de Melhor Série Dramática pelo episódio “Gorilla My Dreams”, que traz um cliente da advogada Harriet (Kathy Bates) que quer a custódia de um gorila que escapou de um zoológico. Ainda na TV, o canal americano Discovery conquistou a vitória por Melhor Documentário por “Ivory Wars” e o Nat Geo Channel foi premiado pela série “Wild Justice”.


Lei mais

Protetores reclamam que estão sendo impedidos de alimentar gatos no Maracanã


Por simone.candida@oglobo.com.br | Agência O Globo –
RIO - Depois dos índios, os gatos. Voluntários, protetores e ONGs que defendem o direito dos animais estão preocupados com o destino das colônias de gatos que, segundo eles, há mais de uma década habitam o entorno do Estádio do Maracanã. Desde que começaram as obras no local, eles contam que pelo menos uma dezena de animais já morreram e muitos foram migrando para fugir das máquinas. Boa parte habita o prédio e o terreno do Museu do Índio, que atraiu nos últimos meses os bichanos expulsos de outros pontos, como o Maracanãzinho. Na última sexta-feira, explica a secretária Natália Kingsbury, de 44 anos, a situação agravou-se: os voluntários estão sendo proibidos de alimentar os gatos que vivem dentro do museu. Na manhã desta segunda-feira, Natália e foi ao local acompanha da veterinária de uma ONG e, mais uma vez, foi impedida de entrar.
- Eu alimento estes gatos há 17 anos. Eles estão aqui muito antes de o prédio ser ocupado pelo índios e sempre cuidei dele. Agora, nos impede de entrar para dar comida. Estou muito preocupada. Eles já foram 150, e agora só restaram 50 - conta Natália, que divide com outros dois voluntários a tarefa de dar comida aos gatos que ainda vivem por lá.
Leia mais

Audiência pública propõem a criação de Hospital Público Veterinário no Amazonas


Proposta pelo deputado estadual Tony Medeiros, o debate resultou em uma carta de intenções, assinada por todos os participantes, contendo as norms de funcionamento do estabelecimento

Manaus , 25 de Março de 2013
ACRITICA.COM

A grande maioria dos cães que perambulam pelas ruas de Manaus tem donos(Arquivo A Crítica)


Uma carta de intenções sobre o projeto de criação do Hospital Público Veterinário do Amazonas, a forma de atuação e os serviços a serem oferecidos pelo estabelecimento deverá ser enviada nos próximos dias ao Governo do Estado. O documento é resultado de uma audiência pública realizada na manhã desta segunda-feira (25), na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), proposta pelo deputado estadual Tony Medeiros (PSL).

A proposta de criação do hospital veterinário foi debatida por representantes de Ongs que atuam em Manaus no combate aos maus tratos contra animais, acadêmicos dos cursos de Medicina Veterinária, Conselho Regional de Medicina Veterinária, além do diretor do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), Francisco Zardo.
Leia mais

Grupo Fauna realiza ação contra o comércio de animais


25/03/2013 - Na manhã de ontem, os Abolicionistas Veganos (AVEG) juntamente com o Grupo Fauna, Agência de Notícias de Direitos Animais (ANDA) e com membros do movimento feminista e estudantil realizaram ontem, em frente ao Terminal Central, um ato educativo 'Vida Não é Mercadoria' contra o comércio de animais. Quem passou pelo local recebeu informações sobre o assunto através de panfletos e orientações do grupo presente.

"A maioria das pessoas que vão nessas feiras de animais não sabem o que acontece por trás disso. Muitos são maltratados e criados em péssimas condições. A vida não é uma mercadoria e as pessoas que compram esses bichos acabam sendo cúmplices desses maus tratos", explica a voluntária do Grupo Fauna,  Isabele Futerko.
http://www.pontagrossa.com.br/noticia.php?id=1968

domingo, 24 de março de 2013

Conheça a história da alimentação vegetariana e sua íntima ligação com as diversas religiões espalhadas pelo mundo


Prato verde

DIÁRIO DA MANHÃ
OSMAR RÉGIS
“A soma do quadrado dos catetos é igual ao quadrado da hipotenusa”. Quando se pensa em Pitágoras não tem como não lembrar das aulas de geometria e de seu famoso teorema. Mas o gênio matemático tinha outra faceta bastante inte-ressante. Além de ser conhecido por sua habilidade com os números, os historiadores também reconhecem Pitágoras, nascido por volta de 580 a.C., como o “pai do vegetarianismo”.

Por quase 2500 anos, europeus e americanos chamavam aqueles que seguiam o vegetarianismo de pitagóricos (ou pitagóricos). O termo vegetariano não era usado generalizadamente até a fundação da Sociedade Vegetariana Britânica, em 1847.
Leia mais

Política de castração emperra em Bauru


Estimativas apontam que menos de 10% dos 90 mil cães e gatos são castrados; solução não vem e população animal cresce
Vitor Oshiro com Bruna Dias

90 mil. É esta a população estimada de cães e gatos em Bauru. Se o número é volumoso, o mesmo não pode ser dito sobre a quantidade desses animais que é castrada. Segundo estimativas de Organizações Não-Governamentais (ONGs) e do próprio Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), menos de 10% passaram pela castração. A falta de controle populacional gera o abandono e desemboca até na crise da leishmaniose, doença que Bauru enfrenta há uma década. O prefeito Rodrigo Agostinho estuda criar um departamento específico para enfrentar o problema.

A política de castração realmente está emperrada em Bauru. Algumas ONGs organizam mutirões com tal finalidade, porém alegam que falta ao município uma ação mais incisiva para amenizar a questão. Enquanto questões burocráticas continuam, os animais “não esperam” e continuam procriando em progressão geométrica. E isso resulta em um reflexo que todo mundo já percebeu: é crescente o número de animais abandonados nas ruas da cidade.
Leia mais

(Bauru) Vegetarianos de bem com o alimento


24/03/13  - Geral
Vegetarianos de bem com o alimento
Tabus são superados a cada dia e adeptos encontram mais opções para usufruir com maior qualidade de vida
Ricardo Santana
Aspecto de quem não é saudável foi uma imagem associada aos vegetarianos por muito tempo. Nas últimas décadas tabus difundidos no Ocidente caem em relação à adoção de uma alimentação sem proteína animal encontrada nas carnes e derivados. O que resta é a precaução de uma dieta balanceada e o acompanhamento de um profissional de nutrição, recomendação que serve a qualquer pessoa e não somente aos adeptos do vegetarianismo.

Aos 35 anos, o prefeito de Bauru Rodrigo Agostinho comeu carne pela última vez aos 14 anos. “O que existia era um tabu de que quem era vegetariano tinha cara verde. E vivia com anemia. Dá para se alimentar superbem e eu não como nenhum tipo de carne”.

Então de onde vem a vitalidade conhecida do prefeito de Bauru? Ele receita como suas fontes de proteína animal, basicamente, retiradas do consumo de leite, queijo e ovo. Rodrigo ficou mais de 10 anos sem consultar um médico. Para disputar no ano passado a Maratona de São Paulo, o prefeito passou por um checkup. Ele garante que vegetarianos não têm necessidade de acompanhamento médico.  Rodrigo ressalta que não se utiliza de orientações de um profissional de nutrição, contudo recomenda aos iniciantes no vegetarianismo o acompanhamento de um nutricionista.

Rodrigo se encaixa no perfil dos ovolactovegetarianos, por consumir ovos e leite. (...)
Leia mais

Jaboticabal lança campanha “Eu Amo Adotar”


A Prefeitura de Jaboticabal, através da Secretaria de Saúde, lança a campanha “Eu Amo Adotar”, que incentiva a adoção de cães do Canil Municipal. Hoje, cerca de 15 animais aguardam por um novo lar.

A Prefeitura de Jaboticabal, através da Secretaria de Saúde, lança a campanha “Eu Amo Adotar”, que incentiva a adoção de cães do Canil Municipal. Hoje, cerca de 15 animais aguardam por um novo lar.

“Adotar um animal de estimação é um gesto de carinho. Porém deve ser uma atitude bem pensada, pois eles exigem cuidado e atenção”, declara o secretário de Saúde, Carlos Alberto Navarro.

Atualmente, o canil abriga 35 animais. Desses, pelo menos 14 são considerados agressivos (pitbulls e rottweillers). De acordo com a coordenadora do Controle de Vetores e Zoonoses, Maria Angélica Dias, os cães são vacinados, vermifugados e as fêmeas são castradas. “Caso o animal de interesse não seja castrado, o novo dono deve procurar o departamento para providenciar a castração.”
Leia mais

(Bauru) Abandono: um triste lugar comum


23/03/2013
Carente de políticas públicas para controle de animais de estimação, cidade vive com bichos largadosCAMILA TURTELLI
camila@bomdiabauru.com.br
Embora mancando, com uma das patas dianteiras suspensas, ela vem correndo ao encontro de uma cuidadora que, quando pode, lhe dá de comer. Ela é uma cadela vira-lata, aparentemente já idosa, com problema não só na pata suspensa, mas também em uma das traseiras. Atrás dela, aparecem outros cinco cães que estão abandonados à própria sorte no Parque das Nações, bairro da periferia na zona sul da cidade.

É visível a sarna, os carrapatos e a magreza. “Com esse tempo de chuva então, os problemas de saúde só aumentam”, lamenta Marta Caputo, moradora do bairro que atualmente promove uma campanha na internet para arrecadar alimentos e remédios para estes animais.
“Infelizmente, em Bauru, os animais abandonados contam apenas com a compaixão dos cidadãos de boa vontade para sobreviverem com um mínimo de dignidade”, lamenta. E reforça “não há política pública para resolver essa situação”.
Leia mais

(Campinas) Leitora pede ajuda: cão desaparecido, conheça a história


PROCURA-SE
Leitora pede ajuda: cão desaparecido, conheça a história

Tutora alega que o cão foi visto nas proximidades de shopping na Rod. D. Pedro
22/03/2013 |
Foto: Arquivo Pessoal

Rex, cachorro perdido, ajude ele a voltar para a casa

Recebemos um email sobre um cão que desapareceu em outubro de 2012, mas sua tutora não desistiu de procurá-lo.

Conheça a história.

"Meu nome é Natalia e estou em uma desesperada a procura pelo meu cachorro REX. Muitos acham que eu ja devia ter perdido as esperanças, pois ele está desaparecido desde 8/10, mas eu acredito que ainda não fiz tudo que estava em meu alcance e sei que ainda posso encontrá-lo.

Há cerca de dois meses ele foi visto sendo puxado através de cordinha por um homem (segundo uma pessoa disse, e parecia um morador de rua), na Rodovia Dom Pedro próximo ao Shopping. Então acredito que esse senhor o esteja mantendo por ali. Infelizmente a pessoa que o viu não conseguiu parar, pois estava de carona e nos avisou alguns dias após o ocorrido, o que dificultou um pouco mais nas buscas.

Já espalhei duas vezes cartazes por todos os bairros aqui da região de Vinhedo que é onde moramos, para pedir a ajuda de vocês, pois gostaria se possível, que essa minha busca desesperada fosse anunciada através de alguns meios de comunicação mais ouvidos da região, mesmo que seja por uma única vez.

O MEU REX é inconfundível não só porque ele é um beagle e bi-color o que é mais difícil, mas também porque ele é muito inteligente, adora pão e macarrão e infelizmente tem ataques epiléticos e por isso necessita tomar diariamente gardenal.

Fico grata desde já por qualquer ajuda que for me concedida."


Quem tiver qualquer informação sobre o paradeiro de Rex, entre em contato através dos telefones: (19) 9471.1586 / 9471.2235 / 9350.5992/ 8277.6240/3826.2773

http://www.rac.com.br/_conteudo/2013/03/especial/bichos_e_pets/41968-leitora-pede-ajuda-cao-desaparecido-conheca-a-historia.html

(Maceió) Centro de Zoonoses sofre com abandono


DESCASO. Órgão cuida de animais domésticos e de rua Centro de Zoonoses sofre com abandono
Por: BLEINE OLIVEIRA - REPÓRTER
A saúde animal tem reflexo direto na saúde do homem. Evitar animais soltos nas ruas, doentes ou não, é uma ação de grande efeito na prevenção de doenças como micoses, sarna, brucelose, leptospirose ou raiva. Até mesmo os animais que têm donos, se não forem tratados adequadamente, também podem se transformar em transmissores de zoonoses, doenças transmitidas por animais ao homem.

No tocante aos animais de rua, Maceió conta com um Centro de Controle de Zoonoses, com boa estrutura física, que atende até 15 animais por dia, em seu ambulatório, além de realizar exames laboratoriais e cirurgias diversas. Mas o trabalho está comprometido pela falta de investimentos. Em relação aos animas criados em casa, são muitos os problemas causados pela falta de consciência dos donos quanto às suas obrigações.
Leia mais

sexta-feira, 22 de março de 2013

Santos: Construção de abrigo para animais entra na fase final


Sexta-feira, 22 de março de 2013 -
Em abril
Construção de abrigo para animais entra na fase final

De A Tribuna On-line
A construção de abrigo de animais da Codevida (Coordenadoria de Proteção à Vida Animal), em terreno de 2.105 m² no Jabaquara, está em fase final e deve ser concluída em abril. A obra, sob responsabilidade da prefeitura, prevê sede administrativa com recepção, copa, consultório veterinário com sala de cirurgia e pós-cirúrgico, depósito, área de banho e tosa, sanitários e estacionamento, 43 solários de alvenaria para cães e gatos (com espaços coberto e ao ar livre) e área de soltura de 250 m².

Os trabalhos são realizados por empresa contratada, sob supervisão da Secretaria de Infraestrutura e Edificações, orçados em R$ 565 mil. De acordo com o coordenador de Obras, Ronald Santos, a intervenção está em fase de acabamento, restando serviços de revestimento cerâmico, instalações elétricas e pinturas na parte administrativa e áreas externas.
Leia mais

(carnivorismo) Carne de cavalo ganha popularidade na Rússia


Polêmica em torno do alimento faz crescer demanda em toda Ásia Central

The New York Times , por David M. Herzenhorn | 22/03/2013 15:29:13
A Uryuk, uma rede de restaurantes uzbeques com uma dúzia de lojas em Moscou, oferece dois tipos de linguiça de cavalo em seu menu de aperitivos. Kostanay, um restaurante cazaque no centro da cidade, serve beshbarmak, um ensopado de cavalo com macarrão, batatas e cebolas que é um prato favorito em toda Ásia Central, assim como filé de cavalo e cavalo cozido e batata cozida em uma frigideira de ferro. Safa, uma empresa que se autodenomina uma "fábrica de carnes", fornece carne de cavalo halal para muitos dos maiores supermercados de Moscou, incluindo salsichas, bem como cortes para serem defumados, fervidos ou assados. Também é fácil de encontrar na Rússia carne de cavalo enlatada.

James Hill /The New York Times
Valentino Bontempi prepara pratos à base de carne de cavalo em seu restaurante, em Moscou

Valentino Bontempi, um chef italiano que administra seu próprio restaurante em uma ilha no rio Moscou, do outro lado do Kremlin, fica indignado com esse costume. E não porque ele concorda com o alvoroço recente que ocorreu na Europa a respeito da carne de cavalo, pelo contrário: os russos, disse ele, não fazem ideia sobre como cozinhar carne de cavalo e poderiam estar aproveitando sua carne de uma maneira muito mais deliciosa. "Na Rússia, eles não sabem nada sobre os cortes da carne de cavalo", disse Bontempi. "Eles não têm a cultura", disse ele. "Na Rússia, é impossível."
Leia mais

Morte de 25 cães em menos de uma semana é investigada em MG


22/03/2013
Cachorros viviam no canil de uma associação em Patos de Minas.
Presidente da Aspaa suspeita que alguém tenha os envenenado.
Renata Dirrah
Do G1 Triângulo Mineiro

Cães que morreram ainda não eram animais adultos
(Foto: Aspaa/Divulgação)

Vinte e cinco cachorros morreram dentro de um canil da Associação de Socorro e Proteção Animal e Ambiente (Aspaa) em Patos de Minas, no Alto Paranaíba. A suspeita dos membros da associação é de que eles tenham sido envenenados por alguém que tenha tentado se livrar dos animais do canil.
Segundo a Polícia Militar (PM), embora a ocorrência tenha sido registrada nesta quinta-feira (21), os animais começaram a ser encontrados mortos no começo da semana. O caso foi encaminhado para a Polícia Civil, que fará a investigação.
Leia mais

(rinhas) Tenente da PM é presa acusada de corrupção passiva


22/03/2013 -
Comando geral investiga 'propina´ da contravenção no interior

Tenente está presa disciplinarmente no QCG (Foto: Arquivo Portal Infonet)

A tenente Márcia Cristina de Oliveira Santos, comandante do Pelotão da Polícia Militar em Campo do Brito, foi presa disciplinarmente na tarde da quinta-feira, 20, acusada de receber propina de contraventores que lideram o jogo do bicho e rinhas naquele município.

O major Rinaldo Chaves, comandante do 3º Batalhão da PM, do qual o pelotão de Campo do Brito é subordinado, recebeu a denúncia e informou que a tenente Cristina teria confessado o crime. De imediato, o major deu voz de prisão e a encaminhou ao Quartel Central da Polícia Militar em Aracaju, onde a tenente está presa disciplinarmente.
Leia mais

Piracicaba: Canil de Prefeitura rejeita cães abandonados na porta


Canil de Prefeitura rejeita cães abandonados na porta
iG Paulista - 22/03/2013 10h43
André Luís Cia | andre.cia@gazetadepiracicaba.com.b


Foto: Claudio Coradini
Os três cachorrinhos abandonados em frente ao Canil Municipal de Piracicaba

A Gazeta de Piracicaba, jornal do Grupo RAC, flagrou na quinta-feira (21) três cãezinhos (dois machos e uma fêmea) com poucos dias de vida abandonados em frente ao Canil Municipal sem nenhum tipo de socorro ou assistência.

A primeira alegação dada por um funcionário da portaria é que eles não estão autorizados a recolher animais trazidos da rua por outras pessoas. Há uma placa de advertência sobre o assunto: "Não insista! Animais trazidos por terceiros não serão recolhidos no Canil Municipal".

Após a insistência em falar com algum responsável do local, os animais acabaram sendo recolhidos poucos minutos depois.
Leia mais

Carne humana «embalada» em defesa dos animais


ACREDITE SE QUISER
Carne humana «embalada» em defesa dos animais
Embalagens de «carne humana» foram dispostas no centro de Barcelona

Por: Redacção / LP    |   2013-03-22

Para celebrar o «Dia Sem Carne», um grupo de defesa dos direitos dos animais realizou um protesto, no centro de Barcelona, com uma «performance» diferente.

Numa metáfora à venda típica de carne nos supermercados, vários ativistas semi-nus, cobertos de «sangue», foram colocados em embalagens plásticas, de grande dimensão.

Na embalagem, uma etiqueta indicava o peso e a validade da «carne humana», segundo o jornal «International Business Times». Outros apoiantes do vegetarianismo acompanharam a ação com cartazes, para protestar contra o consumo de carne de origem animal.

Para os ativistas organizadores, este foi um «simbólico protesto para a consciencialização do sofrimento e da morte de milhões de animais que passam por isto por causa do consumo humano».
Fonte:
http://www.tvi24.iol.pt/503/acredite-se-quiser/ativistas-protesto-acredite--animais-vegetarianismo-tvi24/1431977-4088.html

quinta-feira, 21 de março de 2013

Itaperuna (RJ) Universidade é processada por sacrificar animais (vivissecção)


21/03/13 15:09 Atualizado em21/03/13 15:21    
Universidade é processada por sacrificar animais
Extra

A Universidade Iguaçu (Unig) de Itaperuna está sendo acusada de sacrificar animais para estudo. Por isso, é ré em Ação Civil Pública ajuizada pela 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Itaperuna. O Ministério Público (MP) do Rio pede, em caráter liminar, a suspensão da Comissão de Ética no Uso de Animais (Ceua) da Unig, que teria legitimado essas mortes, segundo o MP.

Um dos cachorros que teria sido sacrificado na universidade Foto: Ministério Público do Rio / Divulgação


O Promotor de Justiça Eduardo Fiorito Pereira, autor da ação, afirma que uma aluna do curso de Veterinária denunciou um professor que teria matado cães para usá-los em uma aula de anatomia. Em novembro de 2012, o professor recebeu o promotor e agentes do Grupo de Apoio aos Promotores (GAP) e confirmou, segundo o MP, que os animais foram capturados em uma roça e mortos para serem usados em sala de aula. Em seguida, o promotor requisitou à universidade os prontuários com os métodos e técnicas empregados na eutanásia dos cães, mas não teria obtido resposta.
A reitor da Unig de Itaperuna, André Monteiro, disse que apresentou todos os documentos exigidos pelo MP e que os animais são doados à universidade. Monteiro afirmou ainda que não foi notificado da Ação Civil Pública.


Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/animais/universidade-processada-por-sacrificar-animais-7907288.html#ixzz2OEd6hai5

http://extra.globo.com/noticias/animais/universidade-processada-por-sacrificar-animais-7907288.html

(RJ) Ministério Público aciona na Justiça a Unig de Itaperuna por sacrificar cães ilegalmente


Ministério Público aciona na Justiça a Unig de Itaperuna por sacrificar cães ilegalmente
Por Redação - Rádio Gospel FM

A Universidade Iguaçu (Unig), em Itaperuna, é ré em Ação Civil Pública ajuizada pela 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Itaperuna. Em caráter liminar, o MPRJ requereu, nesta quarta-feira (20/03), a suspensão da Comissão de Ética no Uso de Animais (CEUA) da Unig. O Promotor de Justiça Eduardo Fiorito Pereira, autor da Ação, afirma que uma aluna do curso de Veterinária denunciou o professor Antonio Rogério Côrtes Ventura por ter matado cães para usá-los em uma aula de anatomia.

Em novembro de 2012, Rogério Ventura recebeu o Promotor e agentes do Grupo de Apoio aos Promotores (GAP) e confirmou que os animais foram capturados em uma roça e mortos para serem usados em sala de aula. Em seguida, o Promotor requisitou à universidade os prontuários com os métodos e técnicas empregados na eutanásia dos cães, mas não obteve resposta.
Leia mais

RS: Ibama interdita parque de animais por doença contagiosa


21 de Março de 2013•
Laudo da UFRGS aponta que alguns animais morreram contaminados por tuberculose bovina
O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) interditou nesta quinta-feira o Pampa Safari, localizado na cidade de Gravataí, na região metropolitana de Porto Alegre (RS), por suspeita de que animais estejam contaminados por tuberculose bovina. De acordo com o coordenador da divisão técnica do Ibama no Estado, Maurício Vieira de Souza, laudos feitos pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) apontam que alguns animais morreram por causa da doença, altamente contagiosa.

"Por medida cautelar decidimos interditar a visitação até que o parque comprove a sanidade dos problemas", disse Souza. Segundo ele, a doença pode ter provocado a morte de um camelo, de uma lhama e de servos, além de outros animais. O analista ambiental disse ainda que a tuberculose bovina também pode contaminar os seres humanos.
Leia mais

Frente Parlamentar de Direitos dos animais inicia trabalho na Câmara


Publicada em 21/03/2013
A vereadora Ana Rita Tavares (PV) participou, na terça-feira (19/03), na Câmara dos Deputados, em Brasília, do início dos trabalhos da Frente Parlamentar de Defesa dos Direitos dos Animais (FPDDA), que tem como presidente o deputado Federal Ricardo Izar (PSD-SP).

A Bahia foi representada pelos deputados estadual e federal José de Arimatéia (PRB-BA) e Antonio Imbassahy (PSDB-BA), respectivamente.

“Ana Rita Tavares foi eleita com mais de 10 mil votos sem recurso. Isso mostra que a nossa população começa a despertar para esta causa”, destacou Antonio Imbassahy.
Leia mais

(MG) Extermínio de cães envenena cidade de Bicas


Cidade na Zona da Mata mineira está intrigada com a morte de cachorros nas ruas

Jefferson da Fonseca Coutinho - Estado de Minas
Publicação: 21/03/2013

No município da Zona da Mata, cão tenta despertar cadela: 80 casos desde janeiro

Não é a primeira vez que animais de rua e domésticos são envenenados no município de Bicas, a 40 quilômetros de Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira. No início dos anos 2000, cerca de 50 cães foram mortos em circunstâncias semelhantes. O responsável não foi identificado. Agora o criminoso – ainda não se pode dizer se é o mesmo – está à solta e deixa a população em alerta.

Desde janeiro foram registrados mais de 80 casos de cães mortos, supostamente por envenenamento, depois da ingestão de substância vermelha, líquida, aplicada em pão doce e carne. Ativistas da região acreditam que o número pode dobrar, já que para grande parte não houve boletim de ocorrência.
Leia mais

Araraquara: Justiça condena Prefeitura a pagar R$ 7 mil para dona de cão sacrificado


20/03/2013
Animal foi morto após ser encontrado perdido nas ruas de Araraquara, SP.
Centro de Zoonoses alegou que o animal tinha sarna, mas família nega.
Do G1 São Carlos e Araraquara


Cães que vivem no Centro de Zoonoses de
Araraquara (SP) (Foto: Manoela Marques/G1)
A Prefeitura de Araraquara (SP) foi condenada, em primeira instância, a pagar indenização no valor de R$ 7 mil por danos morais à dona de um cachorro sacrificado, há um ano, no Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), após ser encontrado perdido nas ruas da cidade. O advogado da família informou que vai recorrer da decisão por considerar o valor da indenização muito baixo e insuficiente para punir os responsáveis pelo sacrifício. A Prefeitura informou que também vai recorrer.
Na época da morte do cão da raça Beagle, a administração municipal alegou que o sacrifício foi necessário para garantir a saúde pública, pois o bicho de estimação estava com sarna. Mas, a sentença do juiz da Vara da Fazenda Pública de Araraquara entendeu que a eutanásia foi desnecessária e injustificada pela Prefeitura, que acabou condenada a pagar indenização à proprietária do animal.
Leia mais

quarta-feira, 20 de março de 2013

Instituição que cuida de animais em Uberaba passa por dificuldades


20/03/2013 15h58 - Atualizado em 20/03/2013
Local será inspecionado pela secretaria de Meio Ambiente.
Entidade não será fechada, porém deverá seguir regras.
Do G1 Triângulo Mineiro


Supra hoje abriga cerca de 400 animais
(Foto: Reprodução/TV Integração)

A Sociedade Uberabense de Proteção de Animais (Supra) em Uberaba, no Triângulo Mineiro, enfrenta dificuldades. Atualmente a instituição conta com quase 400 animais e as condições não está adequadas por falta de dinheiro e apoio, o que deve gerar uma fiscalização sanitária.
Segundo a presidente da Supra, Denise Max, os animais doentes foram isolados e não há necessidade de separação, pois todos os animais são castrados. Ela explica que eles são monitorados durante 24h. " Às vezes sai brigas entre um e outro e por isso eu durmo e moro aqui para vigiá-los. A casa que seria para mim, eu dei aos animais para eles não tomarem chuva, pois na Supra não temos mais espaço edificado para todos", afirmou.
Leia mais

Ribeirão: Bombeiros salvam cachorro nas águas do Córrego Retiro Saudoso


SUSTO
Oficiais tiveram de jogar uma corda para salvar animal nesta quarta-feira à tarde, em Ribeirão Preto
20/03/2013 - 15h00 | Duda Pereira
eduardo.pereira@gazetaderibeirao.com.br

Foto: Sérgio Masson/Gazeta de Ribeirão
Cadela não conseguiu sair do córrego e precisou ser salva pelos bombeiros

Uma cadela deu trabalho para o Corpo de Bombeiros de Ribeirão Preto nesta quarta-feira (20) à tarde. Por volta de 12h30, a corporação foi acionada para salvar o animal, que estava preso nas águas do córrego Retiro Saudoso, na Avenida Francisco Junqueira, próximo ao cruzamento com a Avenida Maria de Jesus Condeixa.

Por cerca de meia hora, os bombeiros tentaram levar a cadela até um ponto mais alto, já na Avenida Maurilio Biagi, mas ela insistia em ir para o sentido contrário. Por causa disso, os oficiais tiveram de preparar uma corda, dar um laço em volta do corpo do animal e içá-lo até o asfalto. Ele foi encaminhado ao Centro de Zoonoses.
Leia mais

Crime contra o jegue: proposta de indenização é recusada


20/03/2013 - 16:01
Crime contra o jegue: proposta de indenização é recusada
MP destina verba a Fundo de Proteção e para dona do animal

Crime ocorreu em Graccho Cardoso (Foto: Arquivo Portal Infonet)
O idoso Celso Costa Ferreira, com idade superior a 70 anos, participou da primeira audiência no Fórum de Graccho Cardoso por onde tramita o Termo de Ocorrência Circunstanciado (TOC), que o aponta como autor de maus tratos a um animal. O crime aconteceu no dia 16 de fevereiro no município, quando o idoso amarrou um jegue vivo a uma caminhonete e, conduzindo o veículo, o arrastou por um trecho de aproximadamente quatro quilômetros.

O Ministério Público propôs uma pena pecuniária no valor de R$ 50 mil, mas foi rejeitada pela defesa, que alega falta de condições financeiras do acusado para assumir tal compromisso. Pela proposta do Ministério Público Estadual, grande parte do valor da indenização [R$ 45 mil] seria destinada para o Fundo de Proteção de Defesa de Animais, vinculado à Secretaria Estadual do Meio Ambiente, e apenas R$ 5 mil à proprietária do animal, a título de compensação por danos materiais e morais causados pelo crime.
Lia mais

Em São Brás, homem toca fogo em cadela que sobrevive


Funcionário do hospital da cidade teria atacado animal para se defender
G1 19 Março de 2013-

Foto: Arquivo pessoal

Cadela teve parte do corpo queimada por funcionário de hospital, dizem testemunhas

Moradores do município de São Brás, região do baixo São Francisco, em Alagoas, estão indignados com a atitude de um funcionário que trabalha no hospital da cidade de ter ateado fogo a uma cadela de rua, na semana passada. Além dos ferimentos, o animal estava com um pedaço de tecido sujo com líquido inflamável amarrado ao pescoço.
Ainda de acordo com testemunhas, muitas delas crianças que presenciaram a agressão, não é a primeira vez que este funcionário faz isso com cachorros de rua.
A diretora administrativa do Hospital Doutor José Vanderley Neto, que se identificou apenas como Josenira, tentou negar as informações, mas depois disse que o funcionário que trabalha na limpeza do jardim do hospital fez isso para se defender. "Ele estava ateando fogo ao lixo quando a cadela chegou para mordê-lo. Ele pegou um dos objetos que estava queimando e jogou no animal para não ser atacado", diz Josenira que se negou a divulgar o nome do funcionário.
Leia mais

Valinhos-SP: Manifestação em frente à Unilever


Manifestantes querem conscientizar a população valinhense sobre as práticas da empresa Unilever

Ativistas dos grupos OALA (Organização Abolicionista pela Libertação Animal) e Veganize-Já, de Campinas-SP, se unirão à manifestantes da cidade de Valinhos e de outros municípios da região para um protesto pacífico em frente à sede da Unilever valinhense.

A fábrica de sabonetes e outros itens de higiene e limpeza fica bem no centro da pacata cidade de Valinhos (82 km da capital) e é responsável por uma das tristes características da cidade: o mau cheiro que exala das chaminés da Unilever. Quem conhece Valinhos certamente já sentiu o fedor de sebo que toma conta do centro da cidade em alguns momentos do dia e, principalmente, da madrugada.

A Unilever é mundialmente conhecida por testar seus produtos e insumos em animais, perpetuando uma prática arcaica e que, comprovadamente, é desnecessária, especialmente em cosméticos. Além dos testes em animais, a empresa utiliza ingredientes de origem animal em muitos de seus produtos, como é o caso do conhecido sabonete “Dove”. A base do “Dove” é gordura bovina proveninente de matadouros. A empresa junta produtos químicos à fragrâncias artificiais e ao sebo para fabricar seu sabonete mais famoso.

Segundo o evento que está sendo divulgado no Facebook (veja aqui), os manifestantes pedirão mais clareza nos rótulos da empresa e, principalmente, o fim dos testes em animais.

O principal foco da manifestação é chamar a atenção dos valinhenses para a empresa que a cidade abriga há décadas. O povo de Valinhos precisa saber o que a administração municipal apoia, mantendo a empresa na cidade. Atualmente, o prefeito da cidade de Valinhos é Clayton Machado.

Serviço

Protesto em frente à Unilever Valinhos

Data: Sábado, 23/03
Horário: Das 8 às 12 horas
Local: Unilever Valinhos
Endereço: R. Campos Salles, 20 – Centro – Valinhos-SP | MAPA

Fonte:
http://vista-se.com.br/redesocial/2303-valinhos-sp-manifestacao-em-frente-a-unilever/

Urso polar ameaça, mas quem pode atacar documentário da BBC é o Governo da Noruega


PT ANIMAL - VÍDEOS
AUTOR: JOÃO MIGUEL RIBEIRO
QUARTA, 20 MARÇO 2013
Um urso polar tentou atacar um cineasta da BBC que realizava um documentário a bordo de uma cabine de proteção. O veículo aguentou a carga do animal, mas a produtora britânica pode ser multada pelo Governo norueguês por perturbar a estabilidade de um animal no habitat natural.

A questão despertou no gelo polar de Svalbard, um arquipélago norueguês no Ártico, mas tem vindo a aquecer o debate sobre o impacto dos documentários de vida animal. Um urso polar tentou atacar um cineasta da BBC, valendo ao humano estar dentro de uma cabine protetora. Se Gordon Buchanan, o apresentador do programa Springwatch, escapou ao ataque, já a BBC deverá ser ‘mordida’ com uma pesada multa.
Leia mais

Castração gratuita para cães e gatos a partir de hoje na UFRPE


Animais »
Castração gratuita para cães e gatos a partir de hoje na UFRPE

Publicação: 20/03/2013
Uma parceria entre a Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e o Hospital Veterinário Harmonia possibilitará a castração de pelo menos 600 cães e gatos nos próximos meses. Os procedimentos, que custariam entre R$ 600 e R$ 1 mil na rede privada, serão oferecidos a R$ 50 (para custeio de equipamentos) ou de forma completamente gratuita, caso o dono tenha renda familiar inferior a dois salários mínimos. As cirurgias serão feitas por estudantes da Rural, usando a estrutura da clínica. Os proprietários de animais domésticos ou guardiões de bichos abandonados devem enviar e-mail para martinsvet@yahoo.com.br e agendar uma triagem para avaliar as condições de saúde e marcar a cirurgia.

A iniciativa, que também tem participação de ONGs e empresas que fornecem alguns materiais, é realizada através de um projeto de extensão do professor Marcelo Weinstein Teixeira e alunos da universidade, pelo Departamento de Morfologia e Fisiologia Animal da UFRPE. O professor, que também trabalha no hospital Harmonia, explica que está tentando aumentar a rede de castração gratuita no Recife, hoje restrita. “Quero unir outras clínicas nesta ação. Além de dar a oportunidade aos alunos de praticar o que aprenderam, a castração voluntária é uma solução para o problema dos animais de rua”, comenta.
Leia mais

Maioria dos animais silvestres atropelados em Vilhena, RO, morre


Bombeiros dizem que motoristas não acionam resgate e animal morre no local.
Quatro acidentes foram registrados neste ano; em 2012 foi apenas um.

Jonatas Boni
Do G1 RO


Macaco atropelado no dia 13 morreu logo após ser
socorrido (Foto: Matias Siqueira/Divulgação)
A abertura de fronteiras agrícolas em Vilhena(RO) está fazendo com que os animais silvestres migrem para o perímetro urbano. Com isso, o número de acidentes de trânsito envolvendo aves, cobras, macacos, preguiças e tamanduás, por exemplo, aumentou.  De acordo com Iranildo Dias de Andrade, tenente do Corpo de Bombeiros Militar, a maioria dos animais atropelados não resiste aos ferimentos e acaba morrendo no local, sem que o caso seja registrado. Somente nos dois primeiros meses deste ano, dois macacos e um jabuti foram atropelados nas ruas do município e devolvidos à natureza.
De acordo Andrade, durante todo o ano passado apenas uma atropelamento foi registrado. O quarto acidente deste ano envolvendo um animal silvestre aconteceu no dia 13 de março, próximo ao parque de exposições de Vilhena. O macaco ferido foi socorrido e levado para a sede Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) de Vilhena, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.
Leia mais

Atriz faz campanha contra o uso de peles de animais na SPFW


MODA

Thaila Ayala, que também é vegetariana, se diz contra a morte de animais para o uso de pele
20/03/2013 |
Foto: Divulgação

Atriz Thaila Ayala

Fonte: Revista Época


A atriz Thaila Ayala chegou ao desfile da marca Animale, no primeiro dia de São Paulo Fashion Week, usando o selo da campanha No Fur, contrária ao uso de pele de animais na moda. “Não uso pele e sou contra quem usa”, disse a atriz, que também é vegetariana.

A atriz usa sua notoriedade para fazer a diferença em prol dos animais sempre que pode e foi uma das modelos escolhidas para estampar o calendário 2012 da AMPARA Animal.
Lia mais

Tapete de gato morto vendido por US$ 1,9 mil revolta usuários de site




Taxidermista fez tapete com gato encontrado na beira da estrada
Foto: NZHerald / Reprodução

Um tapete feito de um gato que morreu atropelado foi vendido por US$ 995 (cerca de R$ 1,9 mil) e gerou indignação entre ativistas de direitos dos animais na Nova Zelândia. O bicho foi transformado em acessório por um taxidermista, e vendido online em um site de comércio eletrônico. As informações são do The New Zeland Herald.

O item foi criado pelo taxidermista Andrew Lancaster, que viu o gato morto na beira da estrada e notou que ele não tinha ferimentos na parte exterior do corpo, tendo então a ideia de fazer o tapete. "Pensei, 'é um gato bonito', fiz um retorno (na estrada) e o peguei", contou o profissional.
Terra
Leia mais

(criadores de animais) Mercado de animais domésticos pede estatuto


17/03/13 10:25 - Nacional
Mercado de animais domésticos pede estatuto
Mariana Branco/ABr

O mercado de animais domésticos e de produtos e serviços destinados aos bichos de estimação tem crescido de forma significativa no Brasil. Segundo os dados mais recentes divulgados pela Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet), no ano passado, o segmento faturou R$ 14,2 bilhões e respondeu por 0,32% do Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas de um país).

Apesar da representatividade, integrantes desse mercado afirmam que falta regulamentação e pedem um estatuto pet em âmbito federal, a fim de unificar as legislações de estados e municípios e garantir profissionalização ao setor. Os empresários querem ainda incentivos, como redução tributária. O assunto é discutido na Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Animais de Estimação, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.
Lia mais

terça-feira, 19 de março de 2013

Uberaba: Responsável pela Supra admite falhas mas denuncia retaliação


CIDADE Daniela Brito - 19/03/2013
Responsável pela Supra admite falhas mas denuncia retaliação

Denise Max diz que a ONG tem deficiências, mas os cães são atendidos da melhor forma possível

Responsável pela Sociedade Uberabense de Proteção dos Animais (Supra), Denise Max reconhece os problemas estruturais da sede, instalada  no condomínio Chácaras Bougainville,  no final da Univerdecidade. De acordo com ela, o custo para a manutenção do abrigo é de R$ 15 mil por mês. Grande parte desse montante é para comprar ração para os 368 cães.

Apesar de toda precariedade, a responsável garante que os animais recebem tratamento adequado como consulta com os veterinários voluntários, medicamentos, vacinação e castração. E quase todos passam por uma avaliação clínica antes de chegarem ao abrigo. “Nunca escondemos as nossas dificuldades, mas os animais não são jogados aqui para morrer. Nós fazemos tudo para assisti-los da melhor forma possível”, defende.
Leia mais

Cachalote: Necropsia descobre plástico e panelas no estômago


Espanha: Necropsia descobre plástico e panelas no estômago
PT ANIMAL - NOTÍCIAS
AUTOR: JOÃO MIGUEL RIBEIRO
TERÇA-FEIRA, 19 MARÇO 2013
A morte é do ano passado, mas só ontem é que as autoridades espanholas revelaram a causa da morte. Um dos três estômagos de um cadáver de cachalote estava atulhado de lixo, incluindo 18 quios de plásticos próprios para estufas, duas panelas e uma lata de spray.

Um cachalote deu à costa já cadáver, no ano passado, no sudeste de Espanha, mas só ontem é que as autoridades revelaram a causa da morte. Um grupo de cientistas analisou amostras biológicas e procedeu à necropsia da baleia, descobrindo que o animal morreu por rebentamento de um dos três estômagos.
Leia mais

segunda-feira, 18 de março de 2013

Votuporanga: Polícia vai investigar caso de cão que foi queimado com óleo fervente


18/03/2013 17h40 - Atualizado em 18/03/2013 18h06
Polícia vai investigar caso de cão que foi queimado com óleo fervente
Cachorro da raça poodle também foi espancado em Votuporanga (SP).
Associação protetora dos animais registrou boletim de ocorrência.
Do G1 Rio Preto e Araçatuba

O caso do cachorro que foi espancado e queimado com óleo quente será investigado pela Polícia Civil de Votuporanga (SP). O boletim de ocorrência foi registrado nesta segunda-feira (18), pela Sociedade Protetora dos Animais de Votuporanga. O cão foi levado ainda vivo a um veterinário, mas não resistiu aos ferimentos.
Segundo os voluntários da entidade que prestaram atendimento ao animal, o cachorro foi espancado provavelmente com algum pedaço de pau e jogaram óleo quente nele. Ele foi encontrado pela sua dona, que pediu ajuda de agentes da prefeitura que recolhiam amostras de sangue de cães no bairro para exames de leishmaniose.
Leia mais

MODA - Ronaldo Fraga contra peles de animais


Seg, 18 de Março de 2013

Ronaldo Fraga: manifestação contra uso de peles de animais...

(São Paulo, BR Press) - Não se sabe se vai acontecer de novo nesta São Paulo Fashion Week (SPFW), que acontece de 18 a 22/03. Mas a edição de junho de 2011 recebeu uma intervenção contra o uso de peles de animais em editoriais e eventos de moda no Brasil. A manifestação foi promovida pelo Move Institute (http://www.moveinstitute.org), que convidou Ronaldo Fraga para desenvolver uma ilustração sobre o tema, exposta no piso térreo da Bienal.

A ideia da ação foi chamar a atenção da indústria e do consumidor, que a moda no Brasil precisa investir em tecnologia têxtil, em processos de criação, exigir de órgãos federais investimento no segmento orgânico e sustentável. "Propomos mais uma vez que os estilistas que ainda, em meio ao caos ambiental, são capazes de utilizar peles de animais como matéria-prima, pensem sobre o assunto e entendam sua urgência", dizia o comunicado do Move, que tem uma campanha permanente pelos direitos dos animais, a Move your ass for the animals! (Mexa-se pelos animais!).
Leia mais

OAB-SP cria comissão de defesa e proteção animal


BEM-ESTAR ANIMAL
Primeiro evento já aconteceu no último dia 16 e muitos projetos estão à caminho
18/03/2013 |

Fonte: Notícia Animal

O advogado Wilson Ricardo Ligiera foi nomeado pelo presidente Marcos da Costa para presidir a Comissão de Proteção e Defesa Animal da OAB SP. “A iniciativa do presidente merece registro porque a criação dessa comissão tem despertado interesse em todo o Estado. As subsecções têm demonstrado intenção em criar comissão semelhante em suas comarcas”, diz Ligiera.

A nova comissão já realizou seu primeiro evento no dia 16 de março. Aconteceu um seminário sobre Proteção Animal, no salão nobre da OAB SP.
 Leia mais

Sobe para 43 o número de cães mortos em incêndio


8/03/2013 --
Mariana Franco Ramos - Redação Bonde

O número de cães mortos em um incêndio no bairro Boqueirão, em Curitiba, na madrugada de domingo (17), subiu para 43. Inicialmente, a informação da Guarda Municipal de Proteção Animal, da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SMMA), foi de que 30 animais tinham morrido. No entanto, alguns corpos estavam debaixo dos escombros, o que dificultou a contagem.

Outros 31 cães sobreviveram, sendo que, na hora do resgate, dois deles teriam ficado assustados e se escondido. A SMMA informou que os guardas os deixaram com alimentos e voltaram na manhã de hoje para retirá-los. A princípio, ambos estão bem.
Leia mais

domingo, 17 de março de 2013

Porcos mortos em rio de Xangai passam de 12,5 mil


Porcos mortos em rio de Xangai passam de 12,5 mil
Moradores locais disseram à mídia estatal que houve aumento de porcos no rio após uma campanha da polícia contra o comércio ilícito de produtos suínos, derivados de animais doentes
16 de março de 2013 | 12h 09

Agência Estado
O número de porcos mortos retirados das águas de um rio que passa pelo centro financeiro de Xangai chegou a 12.566. Autoridades da cidade retiraram 611 carcaças de porcos mortos neste sábado do rio Huangpu, que fornece água para os moradores da cidade, cuja população é de 23 milhões.

AP
Governo afirmou que foram achadas mostras de circovírus suíno e do vírus da diarreia

Acredita-se que os porcos, inchados e em estado de putrefação, sejam provenientes da cidade de Jiaxing, na província vizinha de Zhejiang, mas o vice-prefeito Zhao Shumei disse que ainda não se sabe se todos os porcos são provenientes da cidade.



Leia mais

No Brasil, maioria é contra teste de cosméticos em animais


17/03/13 21:00 - Nacional
Folhapress


A União Europeia anunciou a proibição da venda de cosméticos testados em animais em seus países-membros. A lei, que foi aprovada em 2009 e passou a vigorar na última segunda-feira, veta a comercialização de produtos cujos componentes tenham sido testados em animais, não importando se os testes ocorreram dentro ou fora do continente europeu.

A decisão deve afetar o mercado brasileiro de beleza. Segundo pesquisa do IBOPE encomendada pela ONG Humane Society International, 66% dos brasileiros são contrários ao teste em animais para fins cosméticos. A pesquisa foi feita em fevereiro de 2013 com cerca de 2 mil entrevistados.
Leia mais aqui

Incêndio em abrigo mata 30 cães em Curitiba


Incêndio em abrigo mata 30 cães em Curitiba

Cerca de 30 cães morreram durante um incêndio em uma casa de madeira neste domingo, no bairro Boqueirão, em Curitiba (PR). Eles ficavam abrigados nesta residência ao lado de outros 30 animais que recebiam cuidados de uma mulher que os recolhia das ruas. Ela conseguiu escapar e não ficou ferida. O incêndio teria começado quando uma vela caiu e deu início às chamas, já que a casa estava sem energia elétrica.
Três caminhões do Corpo de Bombeiros atenderam a ocorrência, porém a casa foi totalmente destruída pelo incêndio. A dona escapou das chamas ao pular a janela, mas muitos cachorros não conseguiram fugir e morreram no local.

Leia mais

Proibição de bichos de estimação em condomínios não é amparada por lei


Constituição não proíbe criação de animais em prédios ou condomínios.
Morador que se sentir lesado pode entrar na Justiça para garantir direito.
Do G1 AL

A cadelinha "Ully" transita tranquilamente pelo condomínio onde mora na Jatiúca. (Foto: Roberta Cólen/ G1)

Ter um animal de estimação é uma alegria para o dono. Além de divertir, ele faz companhia e, em alguns casos, é recomendação médica contra depressão. Mas ter um mascote em casa nem sempre agrada a todos e isso piora quando um regulamento interno proíbe a entrada de animais dentro do prédio ou condomínio.
A cabeleireira Maria Marilda dos Santos, mais conhecida como July, de 30 anos, sabe bem como é isso. Ela se mudou em agosto de 2011 para um condomínio residencial na Jatiúca, emMaceió, com a irmã, uma amiga e duas cadelas. Tudo parecia tranquilo até a síndica “fazer um escândalo” por causa dos animais.
Leia o restante do texto aqui